en fr pt es

Obra Eixão

A Lomacon Locação e Construção Ltda. Iniciou suas atividades na Construção da Barragem Castanhão e ainda encontra em atuação no canal da integração no Estado do Ceará, com a locação de seus equipamentos para a construção da obra.


O Canal da Integração constitui-se de um complexo de estação de bombeamento, canais, sifões, adutoras e túneis, que realizam a transposição das águas do Açude Castanhão para reforçar o abastecimento da Região Metropolitana de Fortaleza, assim como do Complexo Portuário e Industrial do Pecém, fazendo a integração das bacias hidrográficas do Jaguaribe e Região Metropolitana. Sua construção possibilita o surgimento de um pólo de desenvolvimento hidroagrícola nas áreas de tabuleiro da Bacia do Rio Jaguaribe, promovendo o atendimento a projetos de irrigação no decorrer de seu traçado, como o Projeto Tabuleiros de Russas. Serão beneficiados mais de 10.000 ha de terrenos férteis e favoráveis à agricultura irrigada nas chamadas “manchas de solo de chapada”. A obra também garante o abastecimento humano de água da capital cearense por, pelo menos, 30 anos, bem como de todas as comunidades ao longo de seu trajeto, beneficiando e potencializando o desenvolvimento local dos municípios de Alto Santo, Jaguaribara, Morada Nova, Ibicuitinga, Russas, Limoeiro do Norte, Ocara, Cascavel, Chorozinho, Pacajus, Horizonte, Itaitinga, Pacatuba, Maranguape, Maracanaú, Caucaia, Fortaleza e São Gonçalo do Amarante.


O Canal da Integração tem seu início imediatamente a jusante da barragem do Açude Castanhão, derivando sua vazão máxima de 22 m³/s diretamente da tubulação da tomada d’água do respectivo reservatório. A transposição é realizada até os Açudes Pacoti, Riachão e Gavião, reservatórios integrantes do Sistema de Abastecimento de Água da Região Metropolitana de Fortaleza. O percurso estende-se ao longo de aproximadamente 200 km. O prolongamento do sistema adutor para a zona Oeste de Fortaleza, entre o Açude Gavião e o Complexo Industrial e Portuário do Pecém, perfaz cerca de 55 km adicionais, totalizando uma extensão de 255 km  de canais e adutoras.


O Trecho I do Canal da Integração, que vai do Açude Castanhão até Morada Nova, tem 55 de km de extensão e já foi entregue à população cearense.


O Trecho II começa no Açude Curral Velho e estende-se ao longo de 45,9 km, até a Serra do Félix, também em Morada Nova.

O Trecho III compreende 66,3 km de extensão e está localizado entre a Serra do Félix e o Açude Pacajus, atravessando parte dos seguintes municípios: Morada Nova, Ocara, Cascavel, Chorozinho e Pacajus. Estes dois trechos encontram-se em ritmo acelerado de obras.


Os Trechos IV e V encontram-se em processo de licitação e já têm os recursos financeiros assegurados para a execução das obras, com início programado para o segundo semestre de 2006.


O Trecho IV, que liga o Açude Pacajus ao Açude Gavião, terá uma extensão de 33,9 km e o Trecho V, que interliga o Açude Gavião ao Complexo Industrial do Porto do Pecém, terá 55 km de extensão.
Esse é o Canal da Integração. Com 255 km de extensão, o maior canal da história do Ceará. Água para beber, plantar e gerar emprego.